Picadeiro Ambulante – oferta cultural permanente e consistente em Pedro Leopoldo

O Grupo Picadeiro Ambulante é, hoje, em Pedro Leopoldo, um dos mais atuantes do município no meio artístico. O grupo é composto por André Luiz Vieira e Janio Tanaka e se notabilizou em 2012 pela inovação cultural e pelo protagonismo na criação artística, instaurando uma agenda de oferta cultural instigante, inovadora e corajosa. O grupo apresentou-se em 2012 por meio dos projetos Cine Circo, no Cine Marajá e O Encontro do Boi com o Circo, por meio de parcerias e apoios culturais públicos e privados, além de apresentações em variados espaços do município de Pedro Leopoldo.
O Projeto Cine Circo atuou em 2012 com oferta cultural permanente e consistente em Pedro Leopoldo. Com apresentações mensais no Cine Marajá, o Cine Circo garantiu, à população de Pedro Leopoldo, o contato com as artes do cinema e do circo de forma lúdica e rica. O projeto trouxe ao município vários artistas circences atuantes no país e no exterior como El Indivíduo, Uma Companhia, dentre outros. Ao longo de 2012 foram cerca de 15 apresentações no município, com exibição de filmes infantis seguida de brincadeiras, apresentações circences e participações especiais. O grupo Picadeiro Ambulante já se afirmou no município como um dos grupos mais atuantes em Pedro Leopoldo e região nas artes circenses e já tem o reconhecimento da população quanto à qualidade de seu trabalho, seu profissionalismo e criatividade na promoção da cultura. O grupo atua de forma protagonista, com trabalho inovador e de formação de públicos para a percepção do cinema e do circo sob outros patamares culturais. André Luiz Vieira e Janio Tanaka estão em contato permanente com artistas circenses de outros pontos do país e do exterior, atuando com aprimoramento permanente de sua arte, num estilo próprio marcado pela irreverência, pelo dialogismo artístico e pela improvisação que marca as artes circenses em todo o mundo.
andre cine circo
André Luiz Vieira em apresentação no dia 16 de dezembro, Projeto Cine Circo. Fotografia Ariane Aguiar. arianeaguiar.com.br

O grupo foi contemplado em Edital Funarte em 2012, promovendo, com muita força cultural, o Encontro do Boi com o Circo em Pedro Leopoldo. O Encontro do Boi com o Circo, segundo Gisnaldo Amorim, é uma das mais importantes maneiras de valorização das marcas de identidade e das raízes culturais pedroleopoldenses, o que foi feito por André Luiz e Janio Tanaka, em associação a outros artistas e produtores culturais, de forma viva, alegre e cheia de esperança.
boi com circo
O encontro do Boi com o Circo. Uma promoção do grupo Picadeiro Ambulante, apoiado pelo Edital Funarte de Pequenos Projetos da Bacia do São Francisco.

André Luiz Vieira foi recentemente contemplado na Lei Estadual de Incentivo à Cultura, para realização do projeto Cine Circo no Parque Estadual do Sumidouro. O projeto está em fase de captação. Júnia Sales afirma que este é um dos projetos prioritários para a difusão cultural no município de forma regionalizada, amplificando a oferta cultural no território da cidade e promovendo articulações entre artistas e comunidade num espaço de extrema importância patrimonial, ambiental e social como é o Sumidouro.

janio
Janio Tanaka – fotografia de Ariane Aguiar. arianeaguiar.com.br

“O Coletivo Raiz é a agência responsável por toda a comunicação e divulgação de todos os projetos do Grupo. Além da parceria como agência de comunicação dos projetos, o Coletivo Raiz possui o compromisso de envolver toda a equipe durante o evento, ajudando na execução de diversas tarefas”. Veja maiores informações em http://coletivoraiz.com.br/comecando-o-ano-sorrindo/

Maiores informações sobre o Grupo Picadeiro Ambulante, visite a página no Facebook em http://www.facebook.com/pages/Picadeiro-Ambulante/140290959437739?fref=ts

ENCONTRO DO BOI COM O CIRCO EM PEDRO LEOPOLDO.

Dia 10 de novembro “Encontro do Boi com o Circo”. A partir da 17:00, cortejo do tradicional Boi da Manta, cortejo circense com grupo picadeiro ambulante e convidados. Espetáculo com o grupo argentino EL indivíduo.
Local: cortejos saindo na Comendador e Dr Herbster,ambos em direção a praça da estação, onde o projeto culminará com com o encontro do circo com o boi,com um espetáculo circense, show musical e muito mais….
Projeto realizado através do prêmio Funarte Micro-projetos Bacia São Francisco.
Apoio: Secretaria Municipal de desenvolvimento social
Divulgação: Coletivo Raiz
Produção e idealização: Grupo Picadeiro Ambulante.

O texto acima pertence ao artista pedroleopoldense André Vieira um dos responsáveis pelo projeto “Encontro do BOI com o Circo” através da aprovação pela FUNARTE de um projeto de sua autoria, junto ao governo federal. Através destas ações de membros da sociedade civil e das parcerias com iniciativa privada e poderes públicos, a cultura em Pedro Leopoldo tem tudo para resistir a uma quase anunciada morte de nossos valores tradicionais, tão ricos e, infelizmente, tão pouco valorizados, dadas as prioridades a milionários megaeventos descaracterizantes de nossa condição humana nestas bandas do sertão.

Muito bom projeto cultural em Pedro Leopoldo, o caso do projeto ” ENCONTRO DO BOI DA MANTA COM O CIRCO”. Uma marca inédita e um trabalho de qualidade, para fazer frente ao mar de porcarias ambulantes que circulam fazendo ruídos estrondosos nas nossas ruas. Andar nas calçadas da rua Comendador tornou-se uma operação de riscos de vida. Andar de bicicletas , nem pensar. Passar de BIKE pelo sinal da Comendador, somente carregando-as nas costas, pois não tem sobrado um filete sequer em meio a motoristas desvairados e muito imprudentes, e com clima de pura impunidade. Este projeto trata-se de uma marca de resistência contra o projeto quase inexorável de virarmos a MACONDO do final do livro de Gabriel Garcia Marques: “CEM ANOS DE SOLIDÃO”… Nosso destino é virar pó mesmo?… VIVA O ENCONTRO DO BOI COM O CIRCO E PARABÉNS A TODOS OS ENVOLVIDOS NESTE BRILHANTE PROJETO, e que venham mais e muito mais…

Como na parábola cristã, quando Cristo diante de uma multidão sequiosa de alimento, e com muita gente esfomeada, tomou diante de si poucos peixes, menos ainda de pão: empreendeu o milagre da multiplicação. Assim, pelo poder de sua ação cheia de amor e solidadriedade, Cristo foi capaz de alimentar uma verdadeira multidão.

Resta-nos a esperança de que ” O PROJETO ENCONTRO DO BOI COM O CIRCO” esteja também abençoado pelas iniciativas solidárias e amorosas de gente que compreende e valoriza o poder da arte e da cultura como formadoras da condição humana saudável e que tem o potencial do alimento para a alma de milhares de pedroleopoldenses com fome e sede de cultura de raiz e de qualidade.

Texto: Gisnaldo Amorim Pinto.

Picadeiro Ambulante no I Concurso Literário de Pedro Leopoldo 2012 – AABB Pedro Leopoldo

O  grupo circence Picadeiro Ambulante apresentou-se no I Concurso Literário de Pedro Leopoldo 2012, na AABB Pedro Leopoldo. Os integrantes, André Luiz Vieira e Janio Tanaka, criaram um espetáculo especial para o evento, com muita interatividade, uso de recursos malabares e exploração lúdica da expressão gestual. O espetáculo circense organizado por Tanaka e André já encantou milhares de crianças e adultos da cidade e da região e é reconhecido pela abordagem criativa, dinâmica e interativa. O grupo também é organizador do projeto Cine Circo, uma parceria com o Cine Marajá, em Pedro Leopoldo, com muitas edições realizadas. Uma iniciativa que merece todo o apoio da comunidade local e a valorização e reconhecimento da qualidade de seus espetáculos, com inteira aprovação de público.

Picadeiro Ambulante em espetáculo circence na AABB Pedro Leopoldo 2012, com Janio Tanaka e André Luiz Vieira. André Luiz Vieira em performance durante o espetáculo circense do grupo Picadeiro Ambulante.

Fotografia – Junia Sales. Blog Cultura de Pedro Leopoldo.

O I Concurso Literário de Pedro Leopoldo 2012 é uma realização do Blog Cultura de Pedro Leopoldo, sob coordenação de Júnia Sales e Gisnaldo Amorim. O Concurso Literário 2012 teve como parceiros a Padaria Santos e a AABB Pedro Leopoldo. Apoio Cultural Gráfica Tavares, Adelso Buffet, Colégio Clita Batista, Jornal Folha de Pedro Leopoldo, Jornal O Observador, Cine Marajá.