CAUSO: O DIA QUE NÃO FUI BATMAN. UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA DESDE JASPION A JIRAIA..

EI VOCÊ … PRESTE ATENÇÃO NO QUE EU VOU DIZER…. NÃO VAI FICAR SOZINHO… SOU O GUERREIRO QUE VAI TE DEFENDER….CONTRA TODA MALDIÇÃO … NÃO HAVENDO SOLUÇÃO … PRA SUA SEGURANÇA , EU VOU ENTRAR EM AÇÃO…A PAZ NA TERRA E EM TODOS OS PLANETAS … É COMO UM SONHO QUE NÃO PODE ACABAR… JASPION, PELA LIBERDADE, SOU JASPION , PELA IGUALDADE SOU JASPION…EU JURO … EU JURO .. NÃO VOU FALHAR … JASPION…( MUSIQUINHA PRA GENTE NA FAIXA DOS 30 PRA CIMA … JASPION)

SE BEM QUE JASPION E JIRAIA TINHAM UMA MOTOQUINHA… ALIÁS, OUTRO GRANDE GUERREIRO ANCESTRAL, JUNTAMENTE COM LIONMAN (UM LEÃOZINHO DE TRANÇAS, QUE AO FALAR NÃO MECHE A BOCA)…ULTRAMAN (UMA LETRA QUE NÃO DÁ PARA COLOCAR SEM O VIOLÃO E É NUM JAPONÊS AUTÊNTICO, POIS APRENDI A LETRA SEM TER IDO AO JAPÃO. DE TANTO ASSISTIR, EU APRENDI DIREITINHO A LETRA), ULTRASEVEN (MEIO PARECIDO COM ULTRAMAN, EMBORA O HINO SEJA JAPONÊS E SOMENTE EU TENHA OS DIREITOS AUTORAIS SOBRE A LINDA CANÇÃO). ALIÁS, A CANÇÃO “ULTRAMAN” FOI DE COMPOSIÇÃO DOS 5 HOMENS QUE DIRIGIAM A NAVE DO QUARTEL GENERAL, DENTRE ELES AIATA, O HOMEM QUE VIRAVA ULTRAMAN COM A CÁPSULA BETA. TODO DIA, NO CANAL 4 DA REDE TUPY, DEPOIS DE ASSISTIR OS COMENTÁRIOS DE KAFUNGA, JIRAIA IA COMBATER UM MONSTRO FEROZ E PERIGOSO MUNIDO SOMENTE DE UM CANIVETINHO JAPONÊS VENDIDO NUM PARAGUAI PERTO DE TÓQUIO. SEU GUIA ESPIRITUAL SEMPRE PRESENTE NO SEU PENSAMENTO, MORRIA DE MEDO DO AIATA MORRER E NINGUÉM DEPOIS QUERER VIRAR ULTRAMAN, PORQUE ERA UM HERÓI MEIO DURÃO E A BOCA NÃO ABRIA. VIVIA FECHADA.

ENTÃO O GUIA ARRANJOU UMA PILHA RAYOVAC (AS AMARELINHAS RECICLADAS) E A DEU PARA O AIATA, DIZENDO O SEGUINTE: “SEMPRE QUE ESTIVER EM PERIGO USE A CÁPSULA BETA E ELA O TRANSFORMARÁ NO ULTRAMAN”. NINGUÉM QUERERIA SER MESMO O ULTRAMAN, POIS A NAVE QUE COMBATIA OS MONSTROS SEMPRE TOMAVA UM TAPA DOS MONSTROS EM TODOS EPISÓDIOS DO MEIO DIA NA TV ITACOLOMY.

ULTRAMAN, ALÉM DE TER QUE CORRER RISCO DE VIDA COM OS MONSTROS, TINHA QUE SALVAR A NAVE E SEUS AMIGOS, INCLUSIVE ELE MESMO (AIATA), MAS NENHUM DOS 5 HOMENS DESCONFIAVAM QUE O AIATA ERA O ULTRA-MAN. ASSIM OS 5 HOMENS COMPUSERAM A MUSIQUINHA DO ULTRAMAN EM SITUAÇÃO DE MUITO PAVOR E, POR ISSO, FICOU MEIO EMBOLADA.

MAS, MEU EPISÓDIO FAVORITO DA HORA DO PRATO NA MÃO COMENDO CHUCHU COM ABOBRA D’ÁGUA E ANGU COM TORRESMO ERA BATMAN. O MEU BATMAN TINHA UMA ÉTICA FANTÁSTICA E ATÉ EXAGERADA, POIS QUANDO IA DAR UM SOCO NA CARA DO PINGUIM, ELE PEDIA DESCULPA ANTES. E AINDA DAVA UM LENÇO PRO PINGUIM LIMPAR O SANGUINHO QUE CORRIA PELO NARIZ.

QUANDO MINHA MÃE ODETE FAZIA PASTEL PRA EU VENDER NAS RUAS DE PL, ELA TEVE QUE CONTRATAR UM MENINO PARA AJUDAR A VENDER OS PASTÉIS, POIS VENDIA DEMAIS. NÃO É QUE O MENINO CHAMAVA ROBSON (UM PASSO PARA SER ROBIN, AMIGO DO BATMAN)?

ENTÃO, EU FIZ UMA BATCAVERNA NUM SÓTÃO ESCURO E GANHEI DE PRESENTE UMA ROUPA DO BATMAN E O ROBSON ERA O ROBIN. UM DIA DESTES, EU, MORANDO NO ANDYARA, MEU SOGRO CHEGOU LÁ PARA ALGUÉM CAPINAR MINHA HORTA, POIS EU TAVA COM PREGUIÇA. QUANDO O CARA ENTROU NO MEU PORTÃO COM MEU SOGRO E ELE ME VIU, ELE ENTÃO SOLTOU UMA PÉROLA: CUMÉ QUE VAI O SENHOR? O SENHOR SE LEMBRA QUANDO NÓS BRINCAVA DE BATMAN? POIS É SÔ… QUANDO NÓS DOIS VENDIA PASTEL NA RUA PRA SUA MÃE? AINDA DISSE: A ÚNICA MÁGOA QUE TENHO COMIGO É QUE VOCÊ NUNCA ME DEIXOU SER BATMAN. CÊ SÓ ME COLOCAVA DE ROBIN…

COMO ESTÁ NOS LIVROS DO JOSÉ ISSA: “COISAS DO REINO DE PEDRO LEOPOLDO”.

TEXTO: GISNALDO AMORIM PINTO.
OBS: O ROBSON É UM PEDRO LEOPOLDENSE TRABALHADOR E CHEIO DE DIGNIDADE A QUEM EU DEVO RESPEITO E CONSIDERAÇÃO, JUNTAMENTE COM MEU SOGRO, SOBRE QUEM EU DIGO O MESMO.

Anúncios

José Issa Filho é homenageado no I Concurso Literário de Pedro Leopoldo 2012

Autores, familiares, artistas e público envolvido com a cultura presentes na Padaria Santos em manhã de premiação e na AABB PL em tarde de espetáculos. José Issa Filho foi homenageado do I Concurso Literário de Pedro Leopoldo 2012 pelo conjunto da obra. Com 13 livros publicados, José Issa Filho recebeu prêmio da Academia Mineira de Letras, sendo sua obra conhecida de leitores de Minas e do Brasil. É autor consagrado, referenciado por todos os amantes da literatura. Com estilo próprio, José Issa Filho cativou o público leitor interessado em memória, casos e eventos experienciados em Pedro Leopoldo. Merecida homenagem ao autor que já encantou várias gerações de pedroleopoldenses com sua narrativa ímpar, repleta de encantamento e de lirismo.

José Issa filho, autor homenageado no I Concurso Literário de Pedro Leopoldo pelo conjunto de sua obra.

José Issa Filho recebe Troféu de Autor Homenageado pelo conjunto da obra das mãos de Gisnaldo Amorim.

Fotografia Geraldo Santos Filho, Acervo Blog Cultura de Pedro Leopoldo.

O I Concurso Literário de Pedro Leopoldo 2012 é uma realização do Blog Cultura de Pedro Leopoldo, sob coordenação de Júnia Sales e Gisnaldo Amorim. O Concurso Literário 2012 teve como parceiros a Padaria Santos e a AABB Pedro Leopoldo. Apoio Cultural Gráfica Tavares, Adelso Buffet, Colégio Clita Batista, Jornal Folha de Pedro Leopoldo, Jornal O Observador, Cine Marajá.