Cine Clube Marajá – 1 ano de luta pela manutenção do Cine Marajá e afirmação cultural em PL

Segundo Misael Elias,  “acreditamos em nossa cidade, no cinema, na arte e na cultura. Por isso nos movemos como podemos para transformar o espaço ao nosso redor”. Este comentário resume o esforço pela manutenção do Cine Marajá pelo grupo de voluntários Cine Clube Marajá que conta atualmente com cerca de 450 membros na comunidade no Facebook e realiza ações e promoções no Cinema. Visite a comunidade no Facebook: http://www.facebook.com/groups/cineclubemaraja/

Misael Elias, um dos coordenadores do Cine Clube Marajá, em evento criado pelo grupo – Cine Clube Bate Papo.

 Conheça um pouco mais sobre as atividades do Cine Clube Marajá em 2011. Oi. O cine clube foi criado em 9 de fevereiro de 2011. As atividades deste ano, pelo Cine Clube e por outras associações e instituições (mas com apoio do Cine Clube), foram:

a) formulação de um documento-síntese com proposta de ações articuladas entre poder público, iniciativa privada e cidadãos para permanência do cinema em PL;
b) entrega do documento à Prefeitura Municipal, Câmara Municipal e empresariado local; simultaneamente, coleta de sugestões para o Cinema (melhorias, promoções, etc) e entrega e discussão das propostas com o proprietário do Cinema Marajá.
c) Criação de campanha – Cine Combo Marajá, com apoio de Fabiana Móveis, Grafica Tavares, Vitagen, Adelso Buffet, Conect Mais, Raiz Propaganda, Estevan Roupas, Sebrae. Promoção de customização das camisas como forma de estímulo à campanha. Distribuição de camisas em eventos.
d) Criação de promoções como 5.ª NO CINEMA, com ingressos a preço reduzido.
e) Promoção do CIne Clube Bate Papo, com 4 edições em 2011: Bruno CostaErnane AlvesSimone Lara e Dimir Viana. Entrada franca.
f) Seleção de uma frase-síntese das campanhas e promoções do Cinema, que teve como frase vencedora a CINE MARAJÁ, TE ENCONTRO LÁ, formulada por Gislene Nunes
g) Difusão permanente da programação do Cinema na página do facebook
h) Promoção de enquete sobre filmes dublados e legendados, promoções de ingressos
i) Estímulo permanente à frequência ao cinema. Gostaríamos também de deixar nossos parabéns à Gráfica Tavares que incluiu, em 2011, a frequência ao cinema como parte da motivação em sua empresa (que realiza uma gincana com os funcionários).
h) Apoio ao Projeto Cinema e Direito, promovido pela Fundação Pedro Leopoldo, com sessões comentadas de filmes
i) Apoio à Campanha de sorteio de ingressos pelo Sebrae Pedro Leopoldo
j) Apoio ao Projeto Cine Circo, promovido por Tanaka e André Luiz Vieira
l) Acompanhamento de comportamento de público no ano de 2011, com os seguintes resultados (mais gerais): frequência de público juvenil (12 a 14 anos) – sextas feiras, dias de estreia; filmes mais assistidos em 2011 – Zé Colmeia, Rio e Smurfs (crianças e mães); dias de menor público – segundas e terças feiras; perfil de frequência permanente ao 5.ª NO CINEMA – público de meia entrada (estudantes, idosos, etc).
Agradecemos aos Jornais Locais (Observador e Folha de Pedro Leopoldo), à Revista Aqui, e às Rádios PL FM e Atividade pela divulgação de todas as atividades promovidas pelo Cinema e pelo Cine Clube.
m) Acompanhamento de sessões com público jovem e realização de ações de conscientização para uso, respeito e admiração pelo cinema
Há, ainda, ideias a serem implantadas, como a proposta de Matheus Utsch de realização de uma pesquisa de opinião, o que certamente podemos fazer em 2012. Há inúmeras outras ideias em andamento e também em fase de proposição, o que mostra que o cinema é uma arte encantadora, plural e versátil. Mas há desafios também, em especial o de formação de público permanente.
n) Estímulo à criação e promoção de campanhas de popularização do cinema, como em breve será anunciado.
o) Apoio à Festa da Música, promovida pelo Colégio Clita Batista em 2011, que teve como tema central A música no Cinema e levou mais de 5 mil pessoas ao Ceppel, ocasião em que Edson do Marajá foi homenageado
p) Indicação, feita pela CERPL, em 05 de dezembro de 2011, na Câmara Municipal de Pedro Leopoldo, e em fase de avaliação e tramitação a ser enviada ao Conselho Municipal de Patrimônio de Pedro Leopoldo, de registro da “Expressão, memória e permanência do Cinema em Pedro Leopoldo pelo Cine Marajá, através da ação cultural do Sr. Edson Jorge” como PATRIMÔNIO IMATERIAL DE PEDRO LEOPOLDO.
Esclarecemos que o Cine Clube Marajá é uma associação livre de pessoas, amantes do cinema, todas voluntárias. Não temos interesse comercial nem tampouco estamos vinculados a interesses particulares do cinema. Sendo assim, os interessados em realizar promoções , eventos, e similares podem procurar diretamente o proprietário do Cinema, Sr. Edson Jorge. Não fazemos negociações de propostas que interessam diretamente ao Cinema (não respondemos pelo Cinema), mas apoiamos, no limite de nossas possibilidades, as ações em andamento, para benefício de públicos variados e para inclusão cultural na cidade, lutando pela permanência do cinema que já esteve para fechar inúmeras vezes. Esclarecemos que estamos, Misael Elias e eu, mais à frente das atividades do Cine Clube, que conta com ação e apoio de várias pessoas, inclusive aquelas que, no cotidiano, torcem para a permanência do cinema na cidade. Conforme já informamos de outras vezes, o Cine Marajá vive situações limítrofes, muitas vezes, em função de ter que se submeter aos ditames de distribuidoras que nem sempre priorizam a exibição de filmes recém-lançados para cidades pequenas. O Cine Marajá, todos sabemos, luta contra a corrente neste aspecto. Não há, portanto, como fazer previsão de exibições, o que muitas vezes nos leva a divulgar a programação um ou dois dias antes da estreia. Outro esclarecimento importante diz respeito aos horários de exibição que, em função da flutuação de público, em especial a sua diminuição entre os meses de outubro e dezembro, sofreu flutuações imprevistas. Como podem verificar, às segundas feiras o cinema não oferece mais sessões. Cabe ainda outro esclarecimento. O cinema está disponível para realização de promoções de empresas e para exibição de filmes. O importante, neste caso, é saber que filmes clássicos e mesmo em circulação têm direitos de exibição restritos. Sendo assim, os interessados em fazê-lo devem negociar com o proprietário do cinema como ficam estes cuidados autorais. Além disso, vale lembrar que o Cine Marajá exibe, em horários comerciais, filmes em película, por exigência, também, de distribuidoras de cinema.
Verificamos, em 2011, alguns problemas vinculados a comportamento de públicos, como
a) cadeiras danificadas com chicletes ou com apoios de braço quebradas durante as sessões; crianças e jovens que não têm ainda compreensão do necessário silêncio e quietude como formas de comportamento em cinemas
b) crianças e jovens que ficaram esperando seus pais até bem tarde da noite na portaria do cinema, obrigando o proprietário do cinema a acompanhá-las por medida de segurança
c) uso indevido de meia-entrada
d) incompatibilidade entre preferências por filmes dublados e legendados (há públicos distintos e interesses também diferenciados neste caso)
e) dificuldade de fixação de horários das sessões, em especial afetadas pelo horário de verão, e pela redução de público a partir de outubro de 2011.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s